Notícias

Câmara de Palmas aprova requerimento para audiência pública sobre aumento da energia

A volta do recesso parlamentar na Câmara de Palmas, na manhã terça-feira, 1º, começou com a aprovação de requerimentos que visam diversos benefícios para a população da Capital. Entre os requerimentos aprovados está o que pede a realização de uma audiência pública, que visa a prestação de contas da empresa Energisa. A concessionária detém a concessão dos serviços de distribuição de energia elétrica no Tocantins.

O pedido para a audiência pública foi feito após os parlamentares criticarem os altos valores cobrados nas contas de luz dos palmenses. Diogo Fernandes (PSD), autor do requerimento, afirmou que a dupla cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) contribui para que a energia distribuída no estado seja uma das mais caras do país.

O vereador Jucelino Rodrigues encorajou o pedido de Fernandes e sugeriu que as agências reguladoras também sejam convidadas para a audiência. Já Léo Barbosa (SD), afirmou que “de fato é preciso que seja discutido o assunto, porque a população precisa ter acesso e saber o que está sendo cobrado nas contas de luz”.

A data para realização da audiência pública ainda será decidida pelos parlamentares.

Cobrança Irregular

Os palmenses sentiram o aumento nas contas de luz após uma decisão do desembargador Eurípedes Lamounier, presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins, derrubar uma liminar que tinha suspendido a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que está sendo cobrado dos consumidores de forma duplicada. O ICMS só pode incidir sobre a energia efetivamente consumida.

Aumentos em 2017

No fim de junho a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou o reajuste médio de 5,52% na tarifa de energia da Energisa. Os novos valores estão sendo cobrados nas contas de energia do Tocantins desde o dia 4 de julho. Além do aumento autorizado pela diretoria da Aneel, neste mês de agosto ainda será cobrada da população a bandeira vermelha, com acréscimo de R$ 3 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

Requerimentos aprovados

Pavimentação asfáltica e duplicação de avenidas, revitalização de praças, implantação de academias ao ar livre, roçagem e limpeza de quadras, ampliação da coleta de lixo, entre outros benefícios, fazem parte dos requerimentos aprovados pelos vereadores nesta terça-feira. Foram 38 requisições feitas pelos parlamentares e que serão encaminhadas ao Executivo para as devidas providências.
 

1º/08/17